Tecidos ignífugos para tendas dobráveis Qualytent, classificados T1

Os tecidos ignífugos para tendas, causaram e causam muita confusão. Qualytent, desde a sua fundação, está muito atenta em garantir a segurança dos seus clientes. Por esta razão, oferecemos o melhor produto, certificando-o segundo as normas vigentes mais atuais.

Em caso de incendio é fundamental, por exemplo, assegurar-se que las lonas empregues na confeção dos tetos e paredes das tendas dobráveis sejam ignífugas. Por isso, testamos a nossa lona segundo a norma UNE-EN 15619:2016 que a classificou como T1, isso é, a melhor categoria possível.

Certificado de tenda dobrável à prova de fogo Qualytent
Tendas dobráveis de Qualytent com classificação T1

A falta de uma divulgação adequada criou, muitas vezes, confusão sobre qual norma e classificação são necessárias para as tendas dobráveis. Assim decidimos escrever este artigo.

A norma que induz o erro

A UNE-EN 13501-1:2007+A1, é a norma, que pouco a pouco, está a substituir a UNE 23727 de 1990. Muitas empresas utilizam-na como referente para classificar a ignifugação do tecido. É una norma escrita apenas para produtos de construção e elementos de edificação. Por isso, não está pensada para o tecido de tendas dobráveis.

Tela retardadora de chamas Bestex 500D da Qualytent
Tendas resistentes al fogo Qualytent

O facto de estas normas estarem presentes no CTE (Código Técnico de Edificação) induziu em erro muitas pessoas. É por esse motivo que, em junho de 2018 o Ministério de Fomento, emitiu um DB (Documento Básico) de “Segurança em caso de incêndio”. Informara-nos que o relativo código “não é aplicável a estruturas provisórias tipo tendas […]” e que ”a uma estrutura portante de uma tenda isolada NÃO integrada numa obra de edificação, não é aplicável o conjunto do CTE. Pelo que também não são as condições de resistência ao fogo que estabelecem neste documento” (página 70 do DB de fevereiro de 2010 com comentários de 29 junho de 2018 e descarregáveis em www.codigotecnico.org).

Deixando claro como diz o Código Técnico de Edificação e as nomas UNE-EN 13501 (mais conhecida como Classificação M1) e a UNE 23727, não se devem considerar como relevantes em relação às tendas dobráveis.

A norma correta

Por outro lado, a UNE- EN 15619 de novembro de 2014 é uma norma europeia vigente e aprovada pelo CEN. E específica: “Tecidos recobertos de borracha ou plástico / Segurança de estruturas temporárias (tendas) /  Especificações dos tecidos recobertos destinados a tendas y estruturas similares”. Como se destaca na sua introdução “O fim desta norma europeia é especificar as características, os requisitos e os métodos de ensaio dos tecidos recobertos, e que se empregam em estruturas temporárias e tendas. Compila os diferentes regulamentos nacionais existentes e refere-se às diferentes normas europeias de ensaio dos tecidos recobertos disponíveis.”

No seu ponto 5.9 afirma que:  “Ao fim de proteger os indivíduos contra o risco de um desenvolvimento generalizado do fogo, os tecidos recobertos, usados para tendas e estruturas relacionadas, devem apresentar uma adequada reação de comportamento ao fogo. Para este fim os tecidos […] devem ser testados de acordo com la Norma EN 14115″ y ” […] classificarem-se em quatro categorias T1, T2, T3, T4. Ou declararem-se ‘Não classificados’.”

Tecidos ignífugos para tendas dobráveis Qualytent
Os tecidos ignífugos das tendas Premium de Qualytent

Qualytent obtém a T1

Por estas razões, a Qualytent testou o seu tecido Bestex 500D segundo a norma UNE-EN 15619:2014. Considerando-a como a única norma vigente e específica para o tecido para tendas dobráveis. Enviamos as lonas para o laboratório Aitex. O primeiro a nível nacional, acreditado pela ENAC, para la realização dos ensaios e classificação do comportamento ao fogo de têxteis. O resultado, conforme a norma UNE-EN 15619, foram classificadas como T1, resistentes ao fogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.